terça-feira, 22 de julho de 2008

Sobrevivência

Por acaso você conhece alguém que possa contar uma verdadeira história sobre sobrevivência?
Não? Eu conheço.
Para entendermos melhor as reflexões que colocarei aqui vamos entender o significado da palavra sobrevivência, certo?
*sobrevivência:
s. f., qualidade ou estado de sobrevivente;conservação da vida celular após a morte do organismo;carácter do que vive ou continua para além de;carácter do que continua a viver apesar das condições difíceis que enfrenta;continuidade. (fonte:http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx)
Atente-se ao destaque em negrito logo acima.
"Caráter do que continua a viver apesar das condições difíceis que enfrenta", um minuto de silêncio para uma reflexão aprofundada desta frase.
----------------
Pensou?
Que bom!
Vamos analisar agora um bom exemplo de sobrevivência, aquele que citei do início do texto, que conheço bem.
Ouviu falar no caso daquele garotinho que levou um tiro de bala perdida no RJ? Imagina a dor que a mãe desta criança sentiu, esta mãe é uma sobrevivente.
Ouviu falar na Ana Carolina? Isso mesmo, a mãe da Isabela Nardoni, outra sobrevivente!
Exemplos simples não é mesmo?
Mas não é nestes que quero me aprofundar, quero entrar fundo nos sobreviventes da África, aquelas pessoas que não têm comida, que não têm água para beber e muito menos tomar banho, pessoas que vivem com medo e sem esperança de um amanhã, estas pessoas sim são sinônimos de sobrevivência, são sobreviventes de um mundo que não se importa com elas, com um mundo que as ignora e as mantêm cada vez mais afastadas daquilo que conhecemos tão bem a tal da humanidade, pessoas ignoradas são pessoas esquecidas e pessoas esquecidas são pessoas apagadas.
Assisti vários vídeos onde vi crianças improvisando chinelos com garrafas pet, outras cobertas por moscas, outras comendo coisas do lixo, a desiguladade e precariedade é assustadora. Onde vamos parar? Porque tanto descaso social? O que estas pessoas fizeram para merecer esta vida?
Bom senso!
Empatia!
Amor ao próximo!
São palavras que soam na minha cabeça como o sino de Notre-Dame.
Até quando?
Onde está o erro?
Quem salvará estas pessoas?
Se estas palavras tivessem vida...

sábado, 19 de julho de 2008

Esperança

A Cor verde representa a esperança, e através desta cor exauto minha fidelidade à crença: "Esperança"
Esperança de dias melhores;
Retomadas de companheirismo;
Minutos de Silêncio,
Empatia;
Esperança de sobreviver;
Exauto a gratidão pelo conheciomento à palavra E.S.P.E.R.A.N.Ç.A; esta que me envolve e me faz crer na solução dos problemas globais, eu fracassei em muitas atitudes, fracassei ao não conseguir mudar o mundo, fracassei em não conseguir matar a fome daqueles que deveras sentem e fracassei em me permitir fracassar, mas quando olho aos fracassos que cometi, percebo o quanto sou nobre por não estar ao lado de quem nunca tentou.