quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Que bom que tudo está voltando ao normal...


Obrigada baby!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Voltando pra casa....

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

To be happy is...to be me same!!! 
Today I believe more in GOD!!! Because GOD this with me...forever!!!So happy baby!!!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

Tem hora na vida da gente, que apenas alguns gestos...bastam!!!

Não precisa dizer nada, ok?

Deixa tudo assim... como está!!!

=)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O PROFESSOR SEMPRE ESTÁ ERRADO

Quando...
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um coitado.
Tem automóvel, chora de "barriga cheia".
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.

Não falta às aulas, é um "Caxias".
Precisa faltar, é "turista"
Conversa com outros professores, está "malhando" os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.

Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama à atenção, é um grosso.
Não chama à atenção, não sabe se impor.

A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances dos alunos.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.

Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a "língua" do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.

O aluno é reprovado, é perseguição.
O aluno é aprovado, "deu mole".

É, o professor está sempre errado mas,
se você conseguiu ler até aqui, agradeça a ele!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

ORAÇÃO DO PROFESSOR

Obrigado, Senhor, por atribuir-me a missão de ensinar
e por fazer de mim um professor no mundo da educação.


Eu te agradeço pelo compromisso de formar tantas pessoas e te ofereço todos os meus dons.


São grandes os desafios de cada dia, mas é gratificante ver os objetivos alcançados, na graça de servir, colaborar e ampliar os horizontes do conhecimento.


Quero celebrar as minhas conquistas exaltando também
o sofrimento que me fez crescer e evoluir.


Quero renovar cada dia a coragem de sempre recomeçar.


Senhor!
Inspira-me na minha vocação de mestre e comunicador para melhor poder servir.


Abençoa todos os que se empenham neste trabalho iluminando-lhes o caminho .


Obrigado, meu Deus,
pelo dom da vida e por fazer de mim um educador hoje e sempre.

Amém!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

"Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado. Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre..."

Dicas para falar com objetividade

Dicas para falar com objetividade

Reinaldo Polito
 
Falar com objetividade significa falar tudo o que precisamos, conquistando o que desejamos no menor tempo possível. As dicas mais importantes para você falar com objetividade são:

1 - Delimite o assunto. De maneira geral, os assuntos são abrangentes e compostos de diversos aspectos. Por isso, para ser objetivo é importante que você saiba que aspecto é mais relevante para a exposição que deseja fazer.

2 - Selecione os argumentos importantes. Para ser objetivo é preciso incluir apenas os argumentos mais relevantes, deixando de lado aqueles que considerar frágeis ou inconsistentes.

3 - Não repita argumento. Por mais importante que seja o argumento reprima o ímpeto de repeti-lo muitas vezes. Além de correr o risco de enfraquecer a linha de argumentação você poderá ser visto como prolixo.

4 - Conte qual é o assunto. Revele qual o assunto e o resultado da sua exposição logo no início. Para parecer objetivo você não pode ficar com segredinhos para a platéia - quanto antes contar sobre as conclusões que vai chegar melhor.

5 - Esclareça qual o problema que pretende solucionar. Em uma ou duas frases será possível informar de forma compreensível qual o problema que será objeto de resolução. Se os ouvintes estiverem ouvindo o assunto pela primeira vez, talvez, haja necessidade de um rápido histórico.

6 - Apresente a solução. Sem repetir o problema já levantado apresente a solução. Neste momento evite divagar, seja direto com os argumentos.

7 - Use ilustração. Se precisar esclarecer a solução apresentada use ilustração. Evite, entretanto, fábulas e parábolas, prefira histórias concretas, da própria vida corporativa. Elas servem como argumento e dão ideia de objetividade.

8 - Seja breve na introdução. Agradecer a presença das pessoas ou ao convite que recebeu para falar é uma maneira simples e eficiente para iniciar. Como você precisa passar a ideia de que será objetivo, diga logo no início também que será rápido em suas explanações.

9 - Seja mais breve ainda na conclusão. Depois de completada a apresentação não volte aos pontos já abordados, parta imediatamente para a conclusão. Uma ótima expressão para concluir é: "eu espero que...". A partir daí você poderá pedir a reflexão ou ação dos ouvintes.

10 - Pareça objetivo. Ser objetivo é importante, mas parecer objetivo, talvez, ajude ainda mais. Por isso, não se preocupe só em falar pouco, tenha a preocupação de conseguir tudo o que deseja no menor tempo possível. Mesmo que para isso precise falar um pouco mais.

Fonte: http://economia.uol.com.br/planodecarreira/artigos/polito/2009/10/13/ult4385u129.jhtm