quarta-feira, 14 de abril de 2010

É engraçado, como a vida nos prega peças!
Na verdade, a vida é uma peça, uma peça teatral, a minha é cômica, quando não, trágica!
Quando estou vivencindo as coisas, nunca sei de verdade o que se passa pela cabeça e coração de quem está próximo a mim, e o pior de tudo é saber depois de meses ou anos, que naquele momento lááááááááá atrás, existia algo que poderia ser tudo hoje!
O tempo passa, as pessoas passam, elas namoram, estudam, se casam (rs), se divorciam, se encontram... e eu sempre aqui.
Depois que a turbulência passa, eu fico sabendo que fui admirada, querida e quem sabe até mesmo amada, mas o silêncio, a falta de coragem ou medo de alguma coisa, que eu não consigo entender o quê, me manteve longe, me manteve inatingível!
Eu sou um ser humano, é simples se aproximar de mim!
Pasmem: EU TENHO CORAÇÃO!
Me apaixono às vezes, choro porque no fim das contas sempre estou sozinha, sou uma pessoa normal, já fui traída, trocada, já deixaram de me amar, já se arrependeram de todas as coisas ruins que me fizeram, pediram perdão, pediram segundas chances, terceiras chances, já ouviram da minha boca :"Eu te amo e posso te amar eternamente, mas você não é pessoa que escolhi para passar o resto da vida ao meu lado!" - Triste? Não! Quem ouviu isto me usou! Viu só?! Fui usada! A pior parte é que, quem me usou... se apaixonou!!! Se fudeu! rs
Enfim, não espere o tempo passar para dizer que  gosta de mim e que me quer ao seu lado, o amanhã pode ser tarde demais! E na verdade, sempre é!


ELG