terça-feira, 27 de abril de 2010

"É preciso tomar cuidado com as paixões impossíveis, nestes casos
achamos que quanto mais difícil for para conquistar a pessoa, melhor,
mais seduzidos ficamos. Isto não é amor, isto é vontade de ganhar, não é
vontade de amar. Este amor idealizado é que gera sofrimento. Se o amor
não é correspondido, deve-se simplesmente deixar a outra pessoa ir
embora. Se um amor não correspondido está gerando muito sofrimento,
provavelmente não se trata de um amor verdadeiro, sendo apenas uma
idealização feita da pessoa, em que alguém se apaixona por aquilo que
pensa que o outro é, e não por aquilo que ele realmente é."


Padre Fábio de Melo