sábado, 31 de julho de 2010

Hero - tema do filme Homem-Aranha

Olá. Posto aqui um link de uma música que gosto mtoooo: HERO, é tema do filme Homem-Aranha, que eu adoro... tenho uma super queda pelo Peter Parker, mas faz parte né? Acho que todo mundo tem um amor impossível, até que é gostoso!
Curtam!
É só clicar no link coloridinho ai embaixo, ok?

Este aqui: >>>>    Hero = Nickelback


Beijos

Katy Perry



Oi gente, postei umas fotos da Kety Perry.
Que mulher lindaaaaa... que estilo TDB, nossa! Adoro maquiagem e estilo retro, não sirvo pra esta década que vivemos, adoro os cabelos anos 60, a maquiagem anos 80!
Se eu pensar mais um pouquinho vou meter a tesoura no cabelo e deixar como o dela, cabelo curto é bem mais simples para ser cuidado.
Bom fim de semana, beijossss!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Café com leite

Café com leite
Antônio Maria

"É preciso amar, sabe? Ter-se uma mulher a quem se chegue, como o barco fatigado à sua enseada de retorno. O corpo lasso e confortável, de noite pede um cais. A mulher a quem se chega, exausto e, com a força do cansaço, dá-se o espiritualíssimo amor do corpo.Como deve ser triste a vida dos homens que têm mulheres de tarde, em apartamentos de chaves emprestadas, nos lençóis dos outros! Como é possível deixar que a pela da amada toque os lençóis dos outros? Quem assim procede (o tom é bíblico e verdadeiro) divide a mulher com o que empresta as chaves.Para os chamados "grandes homens" a mulher é sempre uma aventura. De tarde, sempre. Aquela mulher que chega se desculpando; e se despe, com todo desgosto, enquanto dura o compromisso. É melhor ser-se um "pequeno homem".Amor não tem nada a ver com essas coisas. Amor não é de tarde, a não ser em alguns dias santos. Só é legítimo quando, depois, se pega no sono. E há um complemento venturoso, do qual alguns se descuidam. O café com leite, de manhã. O lento café com leite dos amantes, com a satisfação do dever cumprido.No mais, tudo é menor. O socialismo, a astrofísica, a especulação imobiliária, a ioga, todo o asceticismo da ioga... Tudo é menor. O homem só tem duas missões importantes: amar e escrever à máquina. Escrever com dois dedos e amar com a vida inteira."

Olá... resolvi postar uma foto hj, n estou mto animada para escrever.
Foto que demonstra bem minha personalidade, de pessoa que não consegue manter a pose de mulher que anda de salto alto por mto tempo! rs
Bjos e bom findi

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Um dia você aprende

Olá.
Acho que já postei este vídeo há algum tempo, mas é sempre bom revê-lo.
Aproveitem!

O TEMPO NÃO VOLTARÁ MAIS‏

Mário Quintana

'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já passaram-se 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.

Desta forma, eu digo: Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo,
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Pode perguntar, eu respondo!

Gente, a seguinte pergunta chegou até mim, acho interessante dar minha opinião sobre o assunto e respondê-la:

"Edelise, pq as mulheres mais bonitas estão sempre solteiras?"

Resposta:
Bom, não sei se as MAIS bonitas estão sempre solteiras, mas eu prefiro acreditar que as mulheres estão mais exigentes, se preocupam mais com elas, preferem antes de um relacionamento que pode ser instável e indurável, estar bem financeiramente e emocionalmente, uma mulher bem resolvida consigo mesma é uma mulher totalmente feliz, mas para chegar a este ponto, é bem complicado, pois é preciso se aceitar, saber o que lhe agrada e saber o que não lhe agrada e com certeza, saber impor limites, saber dizer NÃO para as coisas que não fazem bem.
E um fato importante, elas ESTÃO solteiras, mas não SÃO solteiras. É algo do momento.
Mas é minha opinião, acho que o fato de serem as mais bonitas é uma coincidência, daquele cuidado todo e preocupação.
Será que minha resposta ajudou um pouco?

2 anos de blog

No dia 19 de julho, fez dois anos que tenho este blog e NOSSA como o tempo passa!
Acho legal registrar aqui isto, tem dia que não tenho o que escrever, não tenho coragem ou forças pra sentar em frente ao pc e deixar a emoção falar mais alto.
Mas é isso, dois anos de blog.
Parabéns!!!
Oie.
Adoro mudar a cara do blog, achei que ele estava sem cor, morto, dai resolvi colocar balas de goma como decoração, afinal bala de goma de deixa bem feliz, ainda mais tomando coca-cola!
Bjos

terça-feira, 27 de julho de 2010

uma hora tudo muda

Tem dias que eu tenho a impressão que o mundo vai desabar em mim, que tudo de ruim vai acontecer justamente comigo.
Namoro não dá certo, amizades que acabam, pessoas levianas... mta coisa negativa ao mesmo tempo. Fico sem entender muitas vezes, o porquê disto acontecer de uma vez só.
Seria mais simples se o problema acontecesse, tivéssemos um tempo pra resolver e depois surgisse o tal do outro problema. Simples né?
Seria bom se fosse assim...
Mas seria bom também, ter o dom de ignorar tudo isto e seguir em frente, tbm ser leviana com as pessoas, não me importar com quem não se importa. talvez o segredo de uma vida plena, esteja neste atos.
Foi um péssimo dia hj, péssimo mesmo.
Tive duas aulas da faculdade, quando entrei na sala de aula e percebi que aquelas pessoas contam comigo, esperam algo de mim, isso foi tão... incrível!
Me senti tão importante, tão especial.
Passei o conteúdo, expliquei, apliquei uma atividade, rimos... rimos muito!
Adoro usar humor nas minhas aulas.
Agorinha a pouco cheguei em casa e tive a sensação de que uma nova fase esta começando.
Talvez agora eu alcance a plenitude, a serenidade!
O meu conhecimento.
Vou dar mais valor em mim e cuidar mais tbm, preciso muito de mim, para ser aquilo que meus alunos esperam de mim, aquilo que vejo em seus olhos.
Boa noite

"Ela anda meia nervosa?"

"Ela anda meia nervosa?"

Não!!! pois a palavra meio, quando intensificar adjetivo (no caso, a palavra "nervosa"), será advérbio, sendo, conseqüentemente, invariável.

A maneira mais fácil de se observar se meio é advérbio é substituí-lo por outro advérbio de intensidade qualquer. Por exemplo, coloque a palavra bem no lugar de meio. Se a frase continuar tendo nexo, este será invariável. Façamos isso no exemplo apresentado, ou seja, substituamos meio por bem: Ela anda bem nervosa.

A frase está perfeita, portanto deveremos corrigir a primeira, deixando-a assim:
"Ela anda meio nervosa?"

Se não for possível substituir meio por bem, então meio pertencerá a outra classe gramatical, que veremos agora:

Quando meio modificar substantivo, será adjetivo (com o significado de metade de um todo; médio, intermediário), por isso concordará com o substantivo. Por exemplo:

  • Ele bebeu meia garrafa de café = Ele bebeu metade da garrafa.

    Meio ainda pode ser substantivo, significando ponto médio; centro; o que dá passagem ou serventia; condição, circunstância; via por onde se chega a um fim, bens de fortuna (neste último caso, só se usa no plural)...

    Outros exemplos:
  • A situação está meio complicada =A situação está bem complicada.
  • Basta-me meia xícara = Basta-me metade da xícara.
  • Esse é meu meio de vida. = condição.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Causa e efeito... Lei do Retorno

bom, estava procurando textos sobre a lei do retorno e achei um bom texto neste link http://www.sbernardelli.net/visualizar.php?idt=61695, quem tiver interesse pelo assunto, leia.
A gente sempre colhe o que planta, então cuidado com as consequências!

domingo, 18 de julho de 2010

A Marca de Amor

Um menino tinha uma cicatriz no rosto,
as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado,
na realidade quando os colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia.

Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio.

A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão:

Que não poderia tirar o menino do colégio,
e que conversaria com o menino e ele seria o ultimo a entrar em sala de aula,
e o primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via o rosto do menino,
a não ser que olhassem para trás.

O professor achou magnífica a idéia da diretoria,
sabia que os alunos não olhariam mais para trás.


Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio,
com uma condição:

Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de aula,
para dizer o por quê daquela CICATRIZ.

A turma concordou,
e no dia o menino entrou em sala dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:

- Sabe turma eu entendo vocês,
na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:

- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa minha mãe passava roupa para fora,
eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade...

A turma estava em silencio atenta a tudo .

O menino continuou: além de mim, haviam mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.

Silêncio total em sala.

-... Foi aí que não sei como,
a nossa casa que era muito simples, feita de madeira começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente...

Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar,
pois minha mãe tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chama.
Só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas as pessoas que estavam ali,
não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha, eu via minha mãe gritar:

- " Minha filhinha está lá dentro!"
Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava,
mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...

Foi aí que decidi.
Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar.

Saí de entre as pessoas, sem ser notado e quando perceberam eu já tinha entrado na casa.
Havia muita fumaça, estava muito quente,
mas eu tinha que pegar minha irmãzinha.
Eu sabia o quarto em que ela estava.

Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito...
Neste momento vi caindo alguma coisa,
então me joguei em cima dela para protegê-la,
e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto...

A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada então o menino continuou:
Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha me beija porque sabe que é marca de AMOR.

Vários alunos choravam,
sem saberem o que dizerem ou fazerem,
mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.

Para você que leu esta história,
queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZ.


Não falo da CICATRIZ visível mas das cicatrizes que não se vêem,
estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas,
seja com palavras ou nossas ações.

Há aproximadamente 2000 anos JESUS CRISTO,
adquiriu algumas CICATRIZES em suas mãos, seus pés e sua cabeça.

Essas cicatrizes eram nossas,
mas Ele, pulou em cima da gente,
protegeu-nos e ficou
com todas as nossas CICATRIZES..

Essas também são marcas de AMOR.

Jesus te ama,
não por quem você é,
mas sim pelo que você é,
e para Jesus você é a pessoa
mais importante deste mundo.
Nunca se esqueça disso!

terça-feira, 13 de julho de 2010

"Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se, os amadores construíram a arca. Profissionais construíram o Titanic."

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Bon Jovi no Brasil uhuuuuullllll

Eu quero:

12/07/2010 - 13h26

Bon Jovi faz show em São Paulo no dia 6 de outubro

Da Redação
  • Jon Bon Jovi durante show no 4º ano do evento  de gala DKMS (Linked Against Leukemia), em Nova York (29/04/2010)

    Jon Bon Jovi durante show no 4º ano do evento de gala DKMS (Linked Against Leukemia), em Nova York (29/04/2010)

A produtora Time 4 Fun confirmou nesta segunda-feira (12) que o Bon Jovi fará show em São Paulo, no estádio do Morumbi, no dia 6 de outubro.

Ainda não foram divulgados os preços dos ingressos e o início das vendas. De acordo com a produtora, haverá pré-venda para clientes Credicard, Citibank e Diners.

O grupo liderado por Jon Bon Jovi volta ao país após 15 anos para mostrar a turnê "The Circle Tour", que promove o disco "Circle", de 2009

http://musica.uol.com.br/ultnot/2010/07/12/bon-jovi-faz-show-em-sao-paulo-no-dia-6-de-outubro.jhtm

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Dicas para seu desenvolvimento humano



Amar é praticar o companheirismo e a compreensão

por Roberto Shinyashiki





"Viver com quem se ama não é apenas
uma oportunidade de conhecer o outro, mas é a maior chance de entrar em contato consigo mesmo"



Muita gente está assustada com a possibilidade de se envolver e perder a liberdade conquistada. De um lado as mulheres buscam homens mais compreensivos, de outro, os homens querem mulheres menos possessivas. O mesmo acontece no trabalho, um profissional que não está atualizado, disposto a desafios e apto para mudanças é, rapidamente, substituído por outro.

O fato é que, se queremos viver um relacionamento gostoso, porém verdadeiro, seja no casamento, namoro, ou em poucas horas, devemos aprender a nos aceitar como somos e olhar para o companheiro como um caminho para o crescimento. Estar com alguém plenamente é a possibilidade de vencer o medo da entrega e de se conhecer no íntimo.

Conviver com alguém que amamos é o mesmo que comprar um imenso espelho da alma, no qual, cada um de nossos movimentos é mostrado, sem a mínima piedade. E, é aí que começa o inferno... Ao invés de encarar a verdade e de ver a imagem temida do verdadeiro “eu”, tenta-se quebrar o “espelho”. Como? Fugindo da intimidade, culpando o outro, não assumindo as próprias responsabilidades e desacreditando o amor.

Viver com quem se ama não é apenas uma oportunidade de conhecer o outro, mas é a maior chance de entrar em contato consigo mesmo. Apenas quando nos vemos é que percebemos o medo de nós mesmos e nos aceitamos como realmente somos. Começamos, então, a nos capacitar para o amor.

O único jeito de amar é buscando a sinceridade. Infelizmente, com o passar dos anos o amor tem sido muito mais estratégico do que espontâneo. Nas revistas femininas via-se muito esse tipo de atitude: “se ele fizer isso, faça aquilo”, o que foi minando a espontaneidade do amor. Nós temos que redescobrir a forma de amar, a naturalidade do relacionamento amoroso. As pessoas precisam ter interesse genuíno no outro.Todas as maneiras de amar devem ser naturais. Quem fica estudando demais o outro, “mata” a possibilidade de amar alguém. O mundo é feito de absurdos e encontros, os absurdos fazem parte, porém, devemos entender que é possível ser feliz, acreditando dia a dia na naturalidade dos sentimentos.

Um dia, perguntaram a um grande mestre quem o havia ajudado a atingir a iluminação; e ele respondeu: “Um cachorro”. Os discípulos, surpresos, quiseram saber o que havia acontecido, e o mestre contou: “Certa vez, eu estava olhando um cachorro, que parecia sedento e se dirigia a uma poça d’água. Quando ele foi beber, viu sua imagem refletida. O cachorro, então, fez cara de assustado, e a imagem o imitou. Ele fez cara de bravo e a imagem o arremedou. Então, ele fugiu de medo e ficou observando, durante longo tempo, a água. Quando a sede aumentou, ele voltou, repetiu todo o ritual e fugiu novamente. Em um dado momento, a sede era tanta que o cachorro não resistiu e correu em direção à água, atirou-se nela e saciou sua sede.

Desde então, percebi que, sempre que eu me aproximava de alguém, via minha imagem refletida, fazia cara de bravo e fugia assustado. E ficava, de longe, sonhando com esse relacionamento que eu queria para mim. Esse cachorro me ensinou que eu precisava entrar em contato com minha sede e mergulhar no amor, sem me assustar com imagens que eu ficava projetando nos outros”. Esse é o ingrediente básico para o amor, o autoconhecimento. Projetar nossos desejos ou nossas “fobias” no outro, apenas causa uma relação de dependência ou doentia, como o desenvolvimento do ciúme ou competição.

Fonte: http://www2.uol.com.br/vyaestelar/amar_dificil_verdadeiro.htm


terça-feira, 6 de julho de 2010

Vícios de linguagem

Os erros de português mais comuns

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação
Vícios de linguagem é o nome que se dá ao modo de falar ou escrever que não está de acordo com a norma culta. O "erro" torna-se "vício" quando se torna comum ou freqüente na expressão de uma ou mais pessoas. (link: http://educacao.uol.com.br/portugues/ult1706u46.jhtm)

A tabela a seguir resume os principais casos.

Vícios de Linguagem
Barbarismo Todo erro que se relaciona à forma da palavra. cacoépia: seje, em vez de seja.
cacografia: rúbrica, em vez de rubrica.
estrangeirismo: exame antidoping.
Arcaísmo Emprego de palavras que caíram desuso. Mui fremosa senhorita.

Anfibologia ou ambigüidade

A mensagem apresenta mais de um sentido devido à má disposição das palavras na frase. O garoto viu o roubo do carro. (O garoto estava no carro e viu o roubo ou viu o carro ser roubado?)
Cacófato Palavra inconveniente, ridícula ou obscena resultante da união das sílabas de palavras vizinhas. A boca dela era horrível.
Solecismo Erro de sintaxe.

Concordância: Fazem muitos anos. (Nesse caso fazer é impessoal.)

Regência: Esse é a música que ele mais gosta. (Essa é a música de que ele mais gosta.)
Colocação: Me faça um favor... (Faça-me um favor...)
Pleonasmo Repetição de palavras inúteis, pois nada acrescentam ao que já foi dito. Subiu para cima. Entrou para dentro.
Eco É a rima em prosa, sem intenção estilística. Infelizmente, essa ideia me veio à mente somente de repente.

Férias