terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Promessas "ano novo, vida nova"

Faz tempo que não escrevo algo de minha autoria aqui, mas é que eu não sabia ao certo o que escrever.
Li muitas coisas, ri de outras, descansei bastante daquela correria de fim de ano e fiquei aqui pensando nos inusitados desejos de começo de ano, nas coisas que as pessoas PROMETEM...suas metas, será que todos cumprem?

Tem gente que promete perder uns quilos, comprar um carro, arrumar outro emprego, casar, ter filhos, trocar de moto, arrumar os dentes, deixar o cabelo crescer, mudar o visual, ajudar, arrumar um namorado, terminar o namoro, fazer plástica, comprar uma bicicleta, parar de fumar, comer menos besteiras, cuidar da saúde, viajar, se estressar menos, curtir mais a vida... o interessante das promessas de "ano novo, vida nova" é que não se vê ninguém promentendo pensar mais sobre o desmatamento, sobre a fome e as doenças no Haiti, ninguém promete pensar em uma solução para as enchentes de São Paulo ou pelo aumento excessivo dos juros, ninguém prometeu pensar em uma maneira coerente de aumentar o salário minímo (que é uma vergonha), ninguém prometeu tirar alguém da rua e ajudá-lo a encontrar um lar, alguém sabe de alguém que se comprometeu a solucionar o problema da falta de emprego, moradia digna e uma boa alimentação, para aquelas pessoas que não possuem uma vida digna de um ser humano?
Promessas, promessas, promessas...
são apenas promessas!
E o comprometimento, nde fica?
As promessas de ano novo, duram menos do que qualquer outra promessa, duram o tempo necessário pra muitas pessoas perceberem que não possuem garra o suficiente para atingir seus objetivos, muitas pessoas são fracas, no primeiro pedaço de chocolate ou copo de refrigerante, adeus dieta! No primeiro desentendimento, adeus namorado novo! Na primeira noite sozinha, adeus "não fumarei este ano"!
Pois é minha gente, tenham garra, confiança e muita força de vontade, sejamos comprometidos e menos individualistas, está na hora de ter o pensamento maior, não só por você, mas por quem está ao seu lado e você mal sabe que existe, se não for assim: ADEUS "ano novo, vida nova"!