segunda-feira, 2 de maio de 2011

Pequenos Contos - Roberto!

Roberto estava caminhando pela praça quando sentiu que estava sendo seguido.
Olhou para todos os lados, parou por alguns segundos e ... NADA!
Continuou sua caminhada, cantarolando músicas que lhe agradavam, assim foi até a casa de sua amada!
Chegando ao portão, percebeu ruídos estridentes logo atrás dele, ao se mover rapidamente para trás... NADA!
Resolveu ignorar a estranha sensação, chamou Gabriela, sua amada e partiram até a sorveteria.
Roberto comentou o estranho acontecimento anterior com Gabriela e esta disse que não havia de ser nada!
Pobre Gabriela, mal sabia que algo inusitado estava prestes a acontecer!
Próximos de seu destino, Roberto percebeu um vulto passar ao seu lado esquerdo, lado contrário de onde sua namorada estava. Assustado ele a puxou para perto dele, caindo os dois sobre a fria calçada.
Num piscar de olhos, o ambiente era outro.
Sirenes, luzes, sombras, gritos, choro e nada mais!
Tudo ficara escuro e consequentemente o cenário ficara distante.
Roberto parecia pressentir o momento que deixaria sua vida terrestre para agora viver em um mundo paralelo, onde Gabriela não mais seria sua amada; e a solidão, sua companheira eterna!

(ELG)