quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Escolha lutar!

Foto de Ricardo Stuckert para o site UOL
O único contato quem tive com o câncer, foi o sofrimento que trouxe à minha família ao perdermos tios, tias, amigos...e até uma gata de estimação! 
Talvez o sofrimento seja meu único ponto de referência sobre o câncer! Na minha cabeça a dor está associada à doença e vice-versa.
Bom, na verdade mesmo, o que eu quero dizer é que assim como o Lula e o Gianechini, lutar num desses casos é primordial. Fé, força de vontade, tratamento e DEUS, ao meu ver, tudo seja uma mistura e uma espécie de CURA. Assim como perdi pessoas, muitas outras superaram este "carma", fizeram inúmeras cirurgias, quimioterapia, tratamentos alternativos, encontros de oração e estão aqui, ao meu lado, vivendo cada dia como se fosse o último.
Penso que deveríamos ser como eles e aproveitar cada dia como se fosse o último, perceber em cada instante o milagre da vida e ter certeza que tudo tem a hora certa e que Deus, ou qualquer outra energia maior que comanda o universo, sabe quando precisará de nós ao seu lado.
Fiquei chocada ao ver o Lula sem cabelo e barba. Mas cabelo e barba crescem, assim como  irá acontecer com o Gianechini. Na minha humilde posição no mundo, só peço a Deus que seja feita sua vontade e que quem está passando por isso, encontre forças e LUTE!
Não vejo a hora de ver o companheiro Lula barbudinho novamente!
E também o charmoso Reynaldo Gianechini, jogando suas madeixas para lá e para cá!

Mas como o Tas sempre diz: "Todo carequinha tem seu charme, senhor presidente."