segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

RESUMO 1 - O Bom Crioulo


Nossa saga sobre Resumos & Comentários será iniciada com o livro O Bom Crioulo de Adolfo Caminha



Antes de falarmos sobre o livro, vamos conhecer um pouco sobre o autor: 

Um dos principais escritores naturalistas do Brasil, este cearense, poeta e romancista ficou órfão muito cedo, juntamente com cinco irmãos, indo morar com parentes. 

Este livro está inserido no NATURALISMO e denuncia o perfil moral da sociedade, por se tratar de um romance homossexual.

Resumo:

Considerado um dos mais perfeitos exemplos do Naturalismo nas letras brasileiras, O Bom Crioulo em tudo defende a tese determinista, segundo a qual o homem deve ser retratado dentro de um ambiente pernicioso e podre, decorrendo daí seu caráter enfraquecido e perverso, sua falta de travas morais, sua perversão, principalmente sexual, causadora de sequelas irreversíveis como a bestialização, a insanidade mental, a histeria ou a degradação.


Nesse romance, pela primeira vez na Literatura brasileira, é tratado o tema do homossexualismo, tendo como foco a vida dos marinheiros, retratada, às vezes, com requintes descritivos que chegam às raias da fotografia.


Narrado em terceira pessoa, esse romance, datado de 1895, tem como protagonista o jovem Amaro, negro escravo, homem forte e de boa índole, mas de espírito fraco que foge da escravidão e se embrenha na Marinha. Aí conhece Aleixo, grumete que atrai o bom crioulo por ser exatamente o oposto, branco e frágil.


A narrativa transcorre maneira delinear, e gradativamente o autor deixa o leitor conhecer um vasto painel dos fatos que envolvem o caso amoroso de Aleixo e Amaro. No entanto, Aleixo também é o ponto máximo do amor da portuguesa Carolina, prostituta, mulher excessivamente carente, que nunca havia conhecido o amor desinteressado e é atraída pelo espírito infantil do rapaz branco, pelos olhos azuis e puros. Na terra, envolve-o pelo amor carnal e passa a ser sua amante, mãe, amiga, e transpõe para Aleixo todo seu coração reprimido pelas cruezas da vida, ama-o como mulher e como mãe, uma vez que ela não tivera a oportunidade de gerar filhos.


O ciúme interfere nesse singular triângulo amoroso, fazendo Amaro agir irracionalmente, como um animal diante do instinto selvagem, destruindo a sua única razão de ser e de viver. Ambientado preferencialmente no mar, o romance de Adolfo Caminha é a síntese da perversão sexual, descrita de modo ousado e chocante com a arte e a técnica de um artista que soube captar com fidelidade os aspectos cruéis de uma fria realidade.
Fonte: http://vestibular.uol.com.br/resumos-de-livros/o-bom-crioulo.jhtm

RESUMOS & COMENTÁRIOS SOBRE LITERATURA


Olá pessoal, quanto tempo!

Começaram bem 2013? Desejo "coisas" boas para todos!
Peço desculpas pela minha ausência, mas foi impossível postar artigos ou escrevê-los para vocês!
Bom, a partir de hoje quero postar resumos de obras literárias e fazer esclarecimentos sobre períodos literários, escritores, estética literária, enfim, sobre o fantástico mundo da LITERATURA!
Aceito sugestões de livros ou artigos!
Grande abraço para todos!
Nos vemos por aqui!