segunda-feira, 29 de junho de 2015

Benditas donas de casa

Ser dona de casa deveria ser o trabalho mais bem pago de todas os tempos, é extremamente difícil limpar, organizar e manter tudo em ordem em uma casa! Toda vez que tenho que lavar ou passar roupas, um filme roda em minha mente, imagino todas as roupas dançando no varal e pulando de um lado para o outro, literalmente correndo de mim! Ser dona de casa é complexo! Como é trabalhoso cronometrar o tempo disponível para cada tarefa e conseguir dar conta de tudo que se comprometeu, a mulher acorda e faz café, toma o café e retira a mesa, lava a louça e inicia a "mini-faxina", tira o pó, passa o pano, varre o chão, passa o pano... passa o pano de novo, antes fazer duas vezes já que está fazendo do que fazer uma só e não ficar bom, quando está prestes a terminar tudo, chega a hora do almoço e tem-se um misto de produtos de limpeza e o alho queimado do arroz! É um ciclo, percebe? "Todo dia ela faz tudo sempre igual", aquela música é sábia, todo dia...todo dia... e qual o valor de uma dona de casa?
Estas mulheres que cuidam de seus lares com tanto zelo, esperam o valor do reconhecimento! Reconhecimento que não chega e o dia não pode parar!
P.s. Acabo de queimar o feijão!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Sobre ser fã!

Sabe, sou fã de poucas duplas, bandas...Eu costumo ser fã de pessoas mesmo... de gente que ama, que faz, que corre atrás, eu sou fã de gente que trabalha pra se sustentar, que ajuda a família, que "mata um leão" por dia, gosto de olhar pra estas pessoas com respeito, carinho e muita admiração. 
Mas do que mais sou fã é da vida, vontade de viver... de fazer diferença no mundo, eu nunca quis ser só mais um peso no mundo, eu preciso deixar uma marca, seja ela como professora, corretora, amiga, filha, irmã, esposa...seja ela qual for, mas se eu não for lembrada um segundinho sequer, qual teria sido o motivo de simplesmente existir?
Existir todo mundo existe! Agora ser diferente, ser mais ou ser um pouco acima da média, poucos são.
Eu tenho na minha lista de músicas duas do Cristiano Araújo, quais ouço pra me animar, pra fazer graça ou dancinhas ridículas para arrancar risadas do meu marido rs Assim como ouço outras duplas e Pablo! (Eu gosto mesmo rs)
Enfim, sinto pelos filhos, pelos pais, pelos seus funcionários, pela família da namorada, que já tinham perdido um filho há alguns anos. Eu sinto pela juventude... sinto pelo futuro promissor, assim como o seu, o meu...
Eu sinto! De verdade eu sinto....
Cristiano Araújo - É com ela que eu estou (DVD in The Cities) [Vídeo Oficial]
http://s2.glbimg.com/s4sidG8md3vDvJRhFMbdLjRzXe0=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2015/06/24/cristiano-alana.jpg

terça-feira, 9 de junho de 2015

A greve vai, mas as estratégias ficam! Hum... ficam, mesmo? (Vamos debater)

imagem retirada da internet
Estava aqui lendo sobre o Fies, o governo vai fazer uma segunda edição este ano, que bom! Não gostaria que os alunos se prejudicassem com a greve dos professores, que está durando bastante e acaba implicando com o cancelamento de alguns vestibulares estaduais. Longe de mim criticar a greve, os professores precisam ir à luta mesmo!
Mas voltando ao caso dos alunos, se estes estão no terceiro ano e vão fazer ENEM e vestibular automaticamente irão ter recebido menos conteúdo escolar do que os outros alunos de escolas particulares ou Estados que não precisaram fazer greve, correto? Sendo assim, qual a estratégia para não prejudicar quem já está com 2015 todo prejudicado?
Esta postagem não é uma crítica, mas sim uma reflexão! 
Se você é estudante e está acompanhando este texto, o que fez durante a greve? Estudou por conta? Foi atrás de grupos de alunos para estudarem juntos? Leu as literaturas obrigatórias ou aproveitou para acordar mais tarde, porque afinal, logo as aulas voltarão e você não terá o privilégio de acordar um pouco mais tarde!
E os professores? Durante a greve o que vocês decidiram para ajudar estes alunos a otimizarem o tempo de estudo e não ficarem para trás? Seria bacana trocarmos dicas uns com os outros, não seria?

Eu sinto que a greve está chegando ao fim, mas a entrada para a faculdade através de um vestibular, concorrido por dezenas e às vezes centenas de candidatos, não!

Link para leitura complementar:
E-mail para sugestões: blogateliedasletras@gmail.com