domingo, 5 de junho de 2016

Redação Nota 1000 - Desvendando os critérios de Correção (Competência II)

Olá pessoal, que tal entendermos a Competência II da redação do ENEM?
Antes de fazermos uma redação de sucesso é necessário entender cada passo de uma vez e pensando assim preparei um artigo super detalhado e especial para os seguidores do Blog Ateliê das Letras.
Bons Estudos! S2

Competência II: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento, para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo; 


O que significa esta competência?

Significa que você precisa entender o que é um texto argumentativo-dissertativo e aplicar TUDO que sabe sobre todas as matérias, curiosidades, leituras ou vivências para dissertar a temática que está em pauta.
Reproduzir conteúdos qualquer um pode reproduzir, mas “pintar” um quadro com maestria é para poucos. O Enem é assim!
Sabia que as maiores notas da Redação provém de alunos que pretendem entrar em cursos extremamente concorridos? Pois é! E o que os torna diferentes de você? 
A rotina de estudos!
Uma pessoa que pretende fazer Medicina, por exemplo,  possui uma rotina intensa de estudos, pois tem consciência do quanto sua vaga é concorrida, desta forma potencializa seus estudos, pratica mais e tem um OBJETIVO muito bem esclarecido.

_ “Mas professora, por que você está dizendo tudo isto justo na Competência II do ENEM?”
Porque você precisa ter consciência de que precisa saber como produzir um texto dissertativo-argumentativo e não correr o risco de contar a história da sua vida justamente no momento em que sua vida pode mudar. Entendeu?
Enfim, nesta Competência você pode jogar fora tudo que fez de melhor em todo restante da prova. Se você der uma deslizada irá ZERAR e se isto acontecer, nos veremos aqui lindos e cheirosos em 2017.
É justamente nesta competência que você precisa provar que sabe muito bem sobre o que o tema aborda e domina totalmente o gênero textual X.
Se o tema é relacionado, por exemplo, à cultura do estupro, não há motivos para você falar sobre os problemas ambientas relacionados à barragem de Santa Maria. Entendeu?

Vou colar logo abaixo os níveis e pontuação e explicar cada item:

  • Nível 0 (muito baixa ou ausente) = Desenvolve texto que não contempla a proposta de redação, desenvolve outro tema e/ou elabora outra estrutura textual que não a dissertativo-argumentativo.

Se o ENEM pede para que você produza um texto dissertativo-argumentativo, significa que você PRECISA produzir o que solicitaram e não escrever uma receita de bolo ou uma carta de amor. O texto é para ser feito do modo que está sendo exigido. Se estão mandando é para fazer, ok? (ficou agressivo haha mas vocês precisam fazer o que “mandam”, afinal dependem disto para alcançar um sonho, certo?
Nível 1 (baixa – 200 pontos)- Desenvolve de maneira tangencial o tema ou apresenta inadequação ao tipo texto textual dissertativo-argumentativo.

Explicação da Edelise:
Significa que você tentou dar o famoso “migué” e deu com os burros em algum lugar que não me recordo... enfim, esta não é a hora de usar o famoso jeitinho brasileiro e tentar conquistar seu leitor pelo seu charme, afinal de contas quem corrige sua redação não tem ideia se você é sexy ou não. Fique muito esperto. Se um dia você incluiu uma receita de bolo de chocolate no meio do trabalho de História sobre a Segunda Guerra Mundial e o professor não viu, repetir a estratégia, neste momento não irá funcionar.

  • Nível 2  (mediana 400 pontos) - Desenvolve de forma mediana o tema a partir de argumentos do senso comum, paráfrases dos textos motivadores ou apresenta domínio precário do tipo textual dissertativo-argumentativo.


Explicação da Edelise:
Dei uma leve suspirada aqui para explicar de uma maneira que não pareça que estou dando uma bronca, (Deus me ajude!). Sabe o famoso “achismo”? Pois é, aqui não há lugar para ele. Sabe o famoso “minha avó disse”, também não é hora para isto... o senso comum é o que utilizamos quando sabemos algo, mas de maneira popular, sem comprovação científica, tipo desvirar o chinelo senão nossa mãe morre, nunca ninguém provou, mas continuamos deixando os chinelos desvirados. No Enem você precisa provar o que argumenta, ou com informações estatísticas retiraras dos textos de apoio que o próprio Enem disponibiliza ou com informações muito bem estudadas e com fontes, das quais o corretor poderá pesquisar se são verdadeiras ou não.
Não é o momento para afirmar que segundo Wesley Safadão 99% é anjo e aquele 1% vagabundo. Ok?

  • Nível 3 (boa 600 pontos)  - Desenvolve de forma adequada o tema, a partir de argumentação previsível e apresenta domínio adequado do tipo textual dissertativo-argumentativo.

Explicação da Edelise:
Neste nível, se você fez o básico e disse o que o corretor precisava ler e estava de acordo com um texto dissertativo-argumentativo, ótimo. Você foi "basicão" e previsível. Isto não é tão ruim, mas se tirar nota baixa nas outras competências pode ser um pouco negativo. Lembre-se que o morno, mesmo sendo bom, nunca é bom o suficiente,.

  • Níve 4 (muito boa 800 pontos) - Desenvolve bem o tema a partir de argumentação consistente e apresenta bom domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo.


Explicação da Edelise:
Opa Opa Opa se você está neste nível está quase com os poderes de Grayskull e a espada do He-Man (acho que não é da época de vocês L ), neste nível você fez “a(o) egípcia(o)”  e abusou do seu poder de interpretação e assimilação e simplesmente usou todos os textos de apoio a seu favor e seu vocabulário rebuscado. Neste nível você prova que sabe desenvolver o que pediram, tanto na temática quando no gênero textual.

  • Nível 5 (excelente 1000 pontos) - Desenvolve muito bem o tema a partir de um repertório sociocultural produtivo e de argumentação consistente e apresenta excelente domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo.

Explicação da Edelise:
Já ouviram a expressão “a cereja do bolo”?
Neste nível é onde você a colocará em prática!
É aqui que você vai deixar seu corretor de queixo caído usando os textos de apoio a seu favor, abusando de um vocabulário de "gente grande" e fechando com chave de ouro. Eu diria que a palavra que descreve este momento é: surpresa!
Surpreenda quem irá ler o que você escreve. Estruture seu texto e coloque cada coisa em seu devido lugar, quando o tema “sociocultural” aparece e te avaliam por ele é sua chance de mostrar igualdade social, democracia, luta pelo direito das mulheres a N coisas... manifestações por direitos iguais...
Na redação do ENEM você é avaliado por todos os lados possíveis e argumentar a favor dos direitos iguais é sempre bom para subir um passo neste e âmbito.

Bom, espero ter clareado a visão de vocês acerca da Competência II na redação do ENEM. Elaborei este estudo com muita boa vontade e vou preparar um vídeo também, combinado?

Para saber sobre nossos pacotes de correção ou aulas de reforço envie e-mail para blogateliedasletras@gmail.com
Siga-nos no Instagram: @edelisegabardo ou @ateliedasletras



TABELA COM TODAS AS COMPETÊNCIAS DO ENEM, SALVE EM SEU COMPUTADOR OU CELULAR